• Caroline Sacardo

'Talvez o pior ainda esteja por vir', diz secretário sobre a Covid-19 em SC


O secretário de Estado da Saúde, André Motta, voltou a falar com muita preocupação sobre o futuro da pandemia em SC. Em entrevista nesta terça-feira, 25, ele comentou que “ Talvez o pior momento ainda esteja por vir depois de 15 meses de pandemia, por incrível que pareça”.



Para Motta, é inevitável. A doença tem esse comportamento no mundo inteiro. Ela vem em ondas. É assim em outros países e em outros estados. Sobre Santa Catarina, ele foi direto: — Ela vem — em referência a uma 3ª onda de Covid-19.


O aumento do número de casos nas próximas semanas é dado como certo pelas autoridades de Saúde. Assim como o desejo de evitar grandes mudanças na estratégia de combate à pandemia, adotada há meses.


"Não se discute mais restrição, pelo menos por enquanto, nem mais liberações. Criar regras novas agora, se não conseguimos o cumprimento das que já existem, não faz sentido."

Mas discutir o aumento das punições para quem descumpre as regras, sim. Segundo o secretário, muitos estabelecimentos preferem pagar as multas que já existem e manter o local funcionando, mesmo fora do regramento estabelecido.


Horas antes da entrevista, André Motta participou de reuniões importantes para acelerar ações, principalmente nos hospitais. A ideia é aumentar a oferta de leitos de UTI no Estado, buscar mais insumos e garantir medicamentos.


Fonte: NSC

61 visualizações0 comentário