top of page
  • Foto do escritorDifusora FM

Santa Catarina tem a menor taxa de analfabetismo entre os estados do Sul, aponta IBGE

A taxa de analfabetismo de Santa Catarina é a menor entre os estados do Sul, segundo informações da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), divulgada nessa sexta-feira (22) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).


O Estado, que tem 2% da população com 15 anos ou mais sem saber ler ou escrever, é também o terceiro com a menor taxa do Brasil, atrás apenas do Distrito Federal (1,7%) e do Rio de Janeiro (2%).


No Brasil, são 9,3 milhões de pessoas com 15 anos ou mais analfabetas, o equivalente a uma taxa de analfabetismo de 5,4%. Em relação a 2022, houve uma redução de 0,3 ponto percentual (p.p.) dessa taxa no País, o que corresponde a uma queda de pouco mais de 232 mil analfabetos em 2023.


O levantamento divulgado pelo IBGE revela ainda que o analfabetismo está diretamente associado à idade. Quanto mais velho o grupo populacional, maior a proporção de pessoas que não sabem ler e nem escrever. Em 2023, eram 5,2 milhões de cidadãos com 60 anos ou mais nestas condições, o que equivale a uma taxa de analfabetismo de 15,4% para esse grupo etário.


Analfabetismo em Santa Catarina


O Estado ainda teve uma redução na taxa de pessoas analfabetas de 0,2% de 2022 para 2023, número que vinha caindo desde 2017. Naquele ano, 2,4% da população de Santa Catarina não sabia ler ou escrever.

Por NSCTotal





41 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page