• Bruno Ramos

Presos fazem buracos em cela no Complexo Prisional de Chapecó

O Departamento de Administração Prisional (Deap) do Complexo Prisional de Chapecó realizou uma operação para apurar buracos feitos em uma cela. De acordo com o Deap, os danos à parede tinham como objetivo passar materiais de uma cela para outra, além de esconder materiais pontiagudos – considerados armas artesanais, que são proibidas no espaço. A informação foi confirmada ao ClicRDC nesta quinta-feira (29).


De acordo com o diretor do Deap, Alecsandro Zani, a ação – intitulada de Operação Pente Fino – foi realizada no Presídio Masculino, Penitenciária Industrial e Penitenciária Agrícola de Chapecó. A apuração do Departamento apontou que dois buracos – um no piso e outro na parede – haviam sido feitos pelos apenados no regime semiaberto.


Ainda conforme Alecsandro, os buracos caracterizaram danos ao patrimônio. Um boletim de ocorrência foi feito e o Instituto Geral de Perícias (IGP) foi acionado para periciar o local. Um laudo será anexado a um procedimento administrativo disciplinar e inquérito será feito referente à situação, informou o Deap.


4 visualizações0 comentário