top of page
  • Foto do escritorDifusora FM

Preso acusado de matar idosa em loja de Pinhalzinho

Um homem foi preso menos de 12 horas depois do assassinato de uma idosa nesta terça-feira, dia 2, em Pinhalzinho, no Oeste de Santa Catarina. Segundo a Polícia Civil, ele confessou o homicídio e disse que a motivação teria sido financeira. O crime foi classificado pelas autoridades como latrocínio (roubo seguido de morte).


Olivia Steffens, de 85 anos, foi encontrada morta por volta das 8h40 da manhã de terça-feira, dentro de uma loja na Avenida Brasília, no Centro de Pinhalzinho. Segundo o Corpo de Bombeiros, ela apresentava várias fraturas no rosto, além de hemorragia na boca e no nariz. O corpo da vítima estava próximo a um balcão, com as gavetas abertas.


O acusado de matar a idosa foi preso por volta das 19h30 desta terça-feira, no bairro São Pedro, em Pinhalzinho. Conforme a Polícia Civil, no momento em que foi capturado, ele assumiu a autoria do crime e relatou que a motivação teria sido unicamente financeira.


No local onde o homem foi preso também foram localizadas roupas que ele vestia no momento do assassinato. Ainda conforme a Polícia Civil, o autor utilizou um canivete para matar a vítima.


O homem foi levado para a delegacia e seguiu para o presídio de Maravilha, onde ficará à disposição da Justiça. O caso é investigado pela Polícia Civil de Pinhalzinho.


Velório e sepultamento


O corpo da idosa é velado no Salão Paroquial do bairro Santo Antônio, em Pinhalzinho. Um culto de corpo presente está marcado para as 9 horas da manhã desta quarta-feira, dia 3, com o sepultamento logo em seguida no cemitério do município.

Por Oeste Mais



1.174 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page