• Caroline Sacardo

Polícia indica que família já estava morta quando casa pegou fogo em São Domingos

A Polícia Civil segue investigando a morte de uma família, em São Domingos, em que quatro pessoas foram encontradas carbonizadas dentro de casa. O incêndio ocorreu no sábado, 08, de madrugada.


Conforme informações da polícia, a causa da morte de Neocir Rodigheri, de 34 anos, foi um corte no pescoço feito com uma faca. A esposa dele, Raquel Aparecida Alves, de 31, também tinha um corte no pescoço e outro no tórax, que causaram sua morte.


Os resultados apresentados pela polícia são de laudos periciais do Instituto Médico Legal (IML) do Núcleo Regional de Perícias de São Lourenço do Oeste.


De acordo com a polícia em uma nota divulgada na tarde desta quinta-feira, 13, "Tais elementos, examinados em conjunto à ausência de sinais de lesões por inalação ou fuligem em via aérea, indicam que as lesões foram produzidas em organismo vivo, ou seja, que suas mortes não foram decorrentes do fogo que consumiu toda a residência’.


Neocir foi identificado pela impressão digital, e Raquel pela arcada dentária. Sobre as crianças, os corpos aguardam resultados de testes de DNA devido à proporção e grau das queimaduras. As investigações estão a cargo da Divisão de Investigação Criminal de Fronteira (DIC-Fron) de São Lourenço do Oeste e o Instituto Geral de Perícias (IGP) participa ativamente.


Fonte: Portal Minutta

2 visualizações0 comentário