top of page
  • Foto do escritorDifusora FM

Pescador de 23 anos continua desaparecido no Rio Uruguai

O Corpo de Bombeiros encerrou o terceiro dia de buscas pelo pescador de 23 anos, desaparecido nas águas do Rio Uruguai, em Mondaí, no Oeste catarinense, neste domingo, dia 24.


A vítima Fernando Balmer estava em um barco de pesca quando caiu na água, na última sexta-feira, dia 22, e não foi mais encontrada.


Durante as buscas neste domingo, a corporação utilizou duas embarcações, sendo um bote inflável Canoas e uma motoaquática. Mesmo assim, foram percorridos aproximadamente 130 km de rio, sendo 61,4 km no turno da manhã e 68,7 pela tarde.


De acordo com os bombeiros, o que dificultou as buscas de hoje foi o nível do Rio Uruguai ter baixado cerca de 1,5 metros, fazendo com que, em alguns pontos, a navegação fosse prejudicada, principalmente nas corredeiras.


Em função do risco de acidente com a embarcação Canoas, que necessita de maior calado para navegação, na parte da tarde as buscas foram realizadas apenas com a motoaquática.


Para a segunda-feira, dia 25, as operações terão também uma embarcação de menor porte, aumentando a área de varredura.


Desaparecimento 


O Corpo de Bombeiros foi acionado por volta das 13h30 na sexta-feira, dia 22, para atender a ocorrência de embarcação à deriva no local. Porém, ao se deslocar, a corporação foi informada por um homem que o filho dele, de 23 anos, teria ido pescar pela manhã e que ainda não teria retornado.


Conforme o relato do pai, outros pescadores teriam avistado a embarcação do rapaz navegando em círculos, nas imediações em que ele estava mais cedo.


De acordo com os bombeiros, uma das principais hipóteses do acidente é o abalroamento do motor da embarcação em uma rede de pesca, que se emaranhou na hélice podendo ter produzido um solavanco que desequilibrou o pescador.


Uma rede próxima foi verificada e grande porção da malha estava destruída, reforçando a hipótese levantada.

Por Oeste Mais



113 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page