• Bruno Ramos

Pastor acusado de abusar mulheres dizia ter "dons mediúnicos" para praticar crimes

Seis fiéis denunciaram os abusos em novembro de 2020; polícia acredita que devem aparecer mais vítimas


Um pastor evangélico acusado de abusar de fiéis em Criciúma foi indiciado por violação sexual mediante fraude, importunação sexual e difamação. na terça-feira (23). As investigações começaram em novembro de 2020 após algumas das vítimas registrarem boletins de ocorrência relatando os abusos. Segundo a Polícia Civil, ele dizia ter "dons mediúnicos" e que exigia a prática de relações sexuais para que as pessoas alcançassem o que desejavam.


Em 2020, seis mulheres procuraram a polícia para depor sobre os fatos. Foi comprovado quinze atos de violação sexual mediante fraude com três das vítimas. Além delas, a investigação identificou outras duas fiéis que foram vítimas de importunação sexual.


Em atualização...




16 visualizações0 comentário