top of page
  • Foto do escritorDifusora FM

O que é ‘Síndrome do Bebê Sacudido’ que matou criança de 4 anos em SC

A criança de 4 anos vítima de maus-tratos pela mãe e o padrasto, presos na quarta-feira (27), morreu em decorrência da SBS (Síndrome do Bebê Sacudido). Laudo pericial contestou versão apresentada pelos pais de que menino teria morrido após queda acidental.


O que é Síndrome do Bebê Sacudido?


A Síndrome do Bebê Sacudido, também conhecida como trauma não acidental em bebês, é uma condição grave que pode ter consequências fatais para os pequenos. A SBS acontece quando um bebê é sacudido com força e em movimentos repetidos.


Por ser mais frágil e desproporcional ao tamanho do bebê, o peso da cabeça deixa o cérebro e os olhos mais suscetíveis a sangramentos devido à força da sacudida.


Em alguns casos a SBS pode incluir:


  • Fraturas em ossos longos, como braços e pernas;

  • Fraturas no crânio;

  • Sangramento no cérebro;

  • Hemorragias retinianas (quadro que afeta as retinas).

De acordo com a SBOP (Sociedade Brasileira de Oftalmologia Pediátrica), a maioria das vítimas da Síndrome do Bebê Sacudido tem menos de um ano de idade, a maioria delas com menos de seis meses.


As lesões causadas pela SBS podem levar a deficiências visuais, de desenvolvimento permanentes e, inclusive, a morte do paciente.


Como evitar?


  • Aprenda técnicas para acalmar o bebê, como embalar, cantar ou dar um banho quente;

  • Nunca sacuda ou chacoalhe o bebê, mesmo que por pouco tempo;

  • Procure ajuda médica imediatamente se você notar qualquer sinal de lesão na criança, como: vômitos, convulsões, apatia ou sonolência excessiva.


Criança de 4 anos morreu pela síndrome em SC após negligência


A Polícia Civil prendeu um casal pelo crime de maus-tratos contra criança, depois que mãe e padrasto provocaram a morte do filho da mulher, um menino de 4 anos. O caso ocorreu em 2015, em Florianópolis.


A dupla presa na quarta-feira (27) estava foragida há cerca de 8 anos e se escondia em cidades litorâneas dos estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul.


Na época, os foragidos afirmaram à polícia que a criança teria caído e batido a cabeça durante passeio em um shopping de Florianópolis.


De acordo com o laudo da perícia, a causa da morte do menino de 4 anos foi a síndrome do bebê sacudido, contestando a versão apresentada pela mãe e pelo padrasto da vítima. A criança teve morte cerebral no dia 21 de junho de 2015.

Por ND+





139 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page