• Caroline Sacardo

Morre pai que foi baleado na cabeça pelo filho de 14 anos em SC

O homem de 53 anos que foi baleado na cabeça pelo próprio filho, de 14 anos, morreu nesta terça-feira, dia 22. O crime ocorreu no dia 20 de maio, na casa onde os dois moravam, em Brusque, no Vale do Itajaí. A vítima estava internada em estado grave no Hospital Azambuja desde então.

Segundo o delegado Alex Bonfim, com a confirmação do óbito, o adolescente passa a responder por homicídio consumado. Entretanto, pouca coisa muda na prática, porque a pena máxima para menores infratores é de três anos de apreensão, independentemente da gravidade do crime.

Após o crime, o garoto fugiu e só se apresentou à polícia seis dias depois. Atualmente ele está recolhido em um Centro de Atendimento Socioeducativo Provisório (Casep). Em depoimento, o rapaz alegou legítima defesa. Os investigadores não acreditam na versão.

"Vários fatores nos fazem desacreditar da versão contada pelo jovem. A primeira é que a vítima foi atingida enquanto estava no banheiro, ou seja, indefesa e despreparada. A outra, é que o suspeito relatou que o pai era violento, mas ele poderia optar por morar com a mãe, que também reside em Brusque", disse o delegado.


Fonte: NSC


107 visualizações0 comentário