top of page
  • Foto do escritorDifusora FM

Moradores desabrigados fazem fogueira para fugir de frio brutal de 1°C no RS

Além das inundações, mais um vilão chega no Rio Grande do Sul para agravar os problemas dos gaúchos: o frio intenso. Para enfrentar o frio, alguns desabrigados precisaram improvisar uma fogueira.


Conforme a Defesa Civil, o fenômeno deve atingir todas as regiões do Estado gaúcho nesta quarta-feira (15), com mínimas que podem ficar entre 1 °C e 7 °C.


Segundo a meteorologista Cátia Valente, o frio aparece devido uma massa polar que ingressa pelo Rio Grande do Sul.


Fogueira foi alternativa para “escapar” do frio


Com o frio intenso desde a terça-feira (14), a realidade de milhares de famílias desabrigadas piorou, ainda mais para aqueles que não estão em um abrigo seguro.


Este é o caso de cerca de 85 pessoas, que estão acampadas em meio a natureza desde o dia 3 de maio, em Porto Alegre, Capital gaúcha, segundo informações do jornal Correio do Povo, um tabloide pertencente ao Grupo Record.


Para se salvar do frio, eles precisaram fazer uma fogueira com materiais encontrados nas ruas, como cavaletes da EPTC (Empresa Pública de Transporte e Circulação) do Rio Grande do Sul.


Ainda conforme o jornal, eles não têm direitos às doações, pois não estão em abrigos.


Dessa forma, eles somente recebem doações dos carros que passam pelas ruas.

Por ND+



17 visualizações0 comentário

ความคิดเห็น


bottom of page