• Caroline Sacardo

Maravilha renova parceria com o Sebrae para execução do Programa Cidade Empreendedora

O município de Maravilha aderiu ao ciclo 2021/2022 do Programa Cidade Empreendedora, que aproxima a gestão pública dos pequenos negócios locais por meio de um ambiente propício para estimular a economia local e o progresso da cidade. As diversas ações voltadas ao desenvolvimento territorial serão executadas até dezembro de 2022 pelo Poder Público e pelo Sebrae/SC.


Neste ciclo, o programa engloba ações estratégicas para o desenvolvimento do município para gerar emprego, renda e oportunidades de negócios. A atuação tem como base cinco pilares: liderança, desburocratização, Sala do Empreendedor, compras públicas e educação empreendedora.


De acordo com o prefeito Sandro Donati a intenção é continuar com o trabalho iniciado em 2017, nos primeiros ciclos do Programa Cidade Empreendedora. “Reduzimos o tempo médio para abertura de empresas, incentivamos o fomento à agricultura familiar, fortalecemos os pequenos negócios com capacitações e consultorias gratuitas. Então, nos próximos dois anos esperamos tornar o município ainda mais produtivo e competitivo”, antecipa o gestor municipal.


Base estruturante


Os eixos foram pensados para que o município organize e impulsione o seu ambiente de negócios. No pilar liderança, o foco de aprimoramento envolve prefeito, secretário e agente de desenvolvimento por estarem à frente da execução local do programa. Entre as ações previstas estão: pesquisa de imagem da prefeitura quanto ao empreendedorismo; acesso a plataforma com informações que sintetizam várias bases de dados sobre estatísticas relacionadas ao grau de desenvolvimento do município; oficinas e cursos de formação.


Na desburocratização serão realizadas consultorias para apoio na melhoria do processo de abertura, alteração e baixa de empresas, com revisão dos trabalhos realizados e construção de plano de ação para continuidade dos avanços necessários. Para Sala do Empreendedor estão previstas consultorias mensais, capacitações semestrais aos atendentes, apoio aos empresários locais com consultorias mensais nas áreas de gestão (finanças, planejamento, marketing, recursos humanos, vendas e qualidade) e pesquisas para observar aspectos referentes ao atendimento prestado.


O eixo compras públicas contempla acompanhamento para adequação dos processos licitatórios na legislação, fomento da agricultura familiar e capacitação aos compradores do poder público municipal. Também está previsto o evento Prefeitura Parceira do Empresário, que visa permitir que os empreendedores tenham condições de serem fornecedores do município.



Na educação empreendedora digital serão realizadas as soluções: trilha comportamentos empreendedores; game cidade dos brinquedos que aborda de maneira lúdica o plano de negócios; oficina empreendendo no mundo da imaginação para desenvolver as competências socioemocionais; game desafio social – cidade colaborativa; oficina superando barreiras com criatividade e curso meu dinheiro meu negócio. Para os professores estão previstas as atividades de capacitação on-line para o programa Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEPP); trilhas de formação com as temáticas de professor do futuro, comunicação em tempos difíceis, empreendedorismo e inovação, engajamento e criatividade em sala de aula; conteúdos on-line e seminário digital de educação empreendedora.


As informações são da Prefeitura Municipal de Maravilha.

11 visualizações0 comentário