top of page
  • Foto do escritorDifusora FM

Inter enfrenta o Guarany de Bagé buscando se manter na liderança do Gauchão 2024

A julgar o envolvimento desde antes mesmo do início do campeonato, o Inter não quer correr o risco de atingir sua pior seca sem a conquista do Gauchão, entre 1962 e 1968. Não à toa, o termo obsessão foi levado a público para que todos tenham a dimensão do elã colorado pela retomada da hegemonia regional após sete anos. Por isso, hoje em Bagé, Eduardo Coudet deve escalar um time reforçado, talvez apenas preservando jogadores de adversidades como o técnico observou em Ijuí na semana passada, quando lançou mão de alguns titulares com o jogo em andamento. Dos principais jogadores, apenas o volante Bruno Henrique não viajou.


Os quase 400 km que separam Porto Alegre de Bagé e uma eventual preocupação com o gramado do estádio Estrela D´Alva ficam em segundo plano diante do objetivo de defender a liderança da tabela. Este é o primeiro fato. O segundo é que sim, a equipe que goleou o Ypiranga no sábado não será repetida. "Não importa o número de trocas que teremos que fazer, temos que continuar jogando do mesmo jeito", garantiu Coudet, ainda no sábado.


O entusiasmo do treinador argentino com a última atuação do time, de certa maneira, reverbera o discurso de como o clube trata a competição. Está incutida no vestiário colorado a convergência de esforços para que estes seja recompensados. Na primeira viagem ao Interior na semana passada foi nítida a aproximação dos jogadores com o torcedor, principalmente na concentração. "Essa conexão entre clube e torcida é o diferencial", foram as palavras do presidente Alessandro Barcellos na abertura da temporada. Para o Inter, 2024 começou ainda em 2023 quando da reeleição da atual diretoria. E esta nunca escondeu o primeiro alvo: "Ganhar o Gauchão é uma verdadeira obsessão nossa. Temos que conquistar esse título", afirmava o vice de futebol Felipe Becker, dias após o pleito.


O Guarany voltou este ano para a elite regional. Até aqui, porém foram três jogos sem vitória do lanterna do campeonato. São esperados três mil torcedores hoje à noite.


Gauchão 2024 – 4ª rodada

Guarany de Bagé


Rodrigo Mamá, Lessa, Micael, Saulo, João Gabriel, Gustavo Nogy, David Cunha, Arêz

Allan, Tony Júnior, Michel. Técnico: W. Campos


Inter


Anthoni, Bustos, Robert Renan, Vitão, Renê, Rômulo, De Pena, Hyoran, Gabriel Barros, P. Henrique,

Luiz Adriano. Técnico: E. Coudet.


Árbitro: Rafael Klein (RS).

Data e hora: Quarta-feira, 31, às 18h30min.

Local: Estrela D’Alva.

Por Correio do Povo



14 visualizações0 comentário
bottom of page