• Caroline Sacardo

Idoso se recusa a cumprimentar morador negro em Pinhalzinho

Um caso de racismo foi investigado pela Polícia Civil de Pinhalzinho. A situação aconteceu em um bar no último sábado,12.


Após tomar conhecimento, a investigação mostrou que na ocasião a vítima, um homem negro de 54 anos, ao chegar ao estabelecimento passou a cumprimentar os presentes. No entanto ao chegar a vez de um homem de 73 anos, este se recusou e ainda lhe disse “eu não dou a mão pra preto”.


Ao ser interrogado, o suspeito admitiu que não aceitou o gesto, argumentando que durante a pandemia tem evitado esse contato e que somente cumprimenta as pessoas “mais honestas”.


Ele foi indiciado por racismo, cuja pena prevista é de reclusão, de um a três anos, e multa.


Foto: Polícia Civil


Fonte: Rádio Centro Oeste

146 visualizações0 comentário