• Bruno Ramos

Homem morre após ser esfaqueado em briga familiar

O homicídio de Cesar Pontes Pilantir, esfaqueado após uma discussão familiar no Bairro Pinheirinho, em Chapecó (SC), foi esclarecido pela Polícia Civil nesta quinta-feira (29). A vítima, de 35 anos, morreu no Hospital após ser esfaqueada por volta das 23h do dia 18 de abril, em um domingo. De acordo com a Polícia Civil, o homem participava da comemoração do aniversário do filho quando foi agredido.


A investigação sobre o homicídio aconteceu através da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Chapecó. De acordo com o delegado Luiz Schaefer, responsável pelo caso, o trabalho da Polícia Civil começou logo após o crime e a investigação foi concluída em dez dias.


Segundo a Polícia Civil, o homem foi agredido na região do abdômen. Na ocasião, além da comemoração pelo filho de Paulo, a família também celebrava o aniversário do cunhado dele – suspeito do crime. A investigação apontou que a vítima e o suspeito discutiram por questões familiares, momento em que este pegou uma faca na cozinha e escondeu na manga do casaco.


Ainda de acordo com a Polícia Civil, o homem se aproximou de Paulo e esfaqueou-o no abdômen. Após o crime, ele fugiu do local. A vítima chegou a ser socorrida e conduzida ao Hospital Regional do Oeste – entretanto, não resistiu e veio a óbito durante a madrugada do dia seguinte (19 de abril, segunda-feira).


Prisão do suspeito


Conforme o Delegado Luiz Schaefer, após a fuga do suspeito, a Polícia Civil representou pela prisão temporária dele – que foi deferida pelo Poder Judiciário. Ele foi preso em via pública na última terça-feira (27), e encaminhado ao Presídio, onde permanece à disposição da Justiça.



Fonte: ClicRDC

2 visualizações0 comentário