• Caroline Sacardo

Homem é condenado a mais de 22 anos de prisão pelo crime de estupro de vulnerável

Uma investigação conduzida pela Polícia Civil do município Águas de Chapecó resultou em condenação de mais de 22 anos de prisão ao indivíduo alvo da apuração. Denúncias chegaram ao conhecimento da Polícia Civil e, após diversas diligências e representação do Delegado de Polícia pela busca e apreensão na residência do investigado e por sua prisão preventiva, foi deflagrada operação contra o investigado no dia 01/02/2021.


Após finalizado o Inquérito Policial o Ministério Público ofereceu a denúncia e após pouco mais de seis meses de tramitação do processo Poder Judiciário prolatou a sentença condenando o investigado.


A decisão foi proferida pela Juíza da Comarca de São Carlos, sendo que ao condenado não pode recorrer em liberdade, vez que se encontra preso desde a deflagração da operação da Polícia Civil.


A Polícia Civil salienta que apesar de estes crimes serem, em regra, cometidos em ambientes ocultos e com poucas ou nenhuma testemunha eles não estão saldos da prestação jurisdicional e consequente punição pelos crimes praticados.


Assim, a Polícia reforça aqui a importância da denúncia seja ela anônima ou pessoal, bem como o comparecimento as instituições da justiça para prestar o seu dever de cidadão e testemunhar os fatos presenciados.


Fonte: Polícia Civil


31 visualizações0 comentário