• Bruno Ramos

Gre-Nal 430: Inter tenta embalar após romper jejum; Grêmio busca retomada imediata

Colorado ficou 11 clássicos sem vencer, mas tem virada no último Brasileirão como exemplo para manter hegemonia. Tricolor tem o histórico de confrontos na Arena para voltar a vencer

O Gre-Nal deste sábado, às 22h15, na Arena, pela 9ª rodada do Gauchão, traz uma novidade em relação aos últimos duelos. A hegemonia do clássico está posta em jogo. Uma espécie de taça imaginária no maior confronto gaúcho.


Depois de conviver com 11 Gre-Nais e três anos de jejum, o Inter tenta embalar diante do maior rival com o exemplo da vitória por 2 a 1 nos acréscimos, pelo Brasileirão passado. A segunda vitória consecutiva é algo que não ocorre desde 2014.


Miguel Ángel Ramírez técnico Inter — Foto: Ricardo Duarte / Internacional

Se ela vier, o Inter pode até mesmo dar início a sua nova hegemonia contra o Grêmio. Já são dois confrontos sem perder — além da virada no clássico 429, houve o empate em 1 a 1, em outubro, também pelo Campeonato Brasileiro.

Últimas vitórias consecutivas do Inter em Gre-Nal

  • Inter 2x0 Grêmio - 10/08/2014 - Brasileirão

  • Inter 4x1 Grêmio - 13/04/2014 - final do Gauchão

  • Grêmio 1x2 Inter - 30/03/2014 - final do Gauchão

A missão dos três pontos recai em Miguel Ángel Ramírez. Será o primeiro Gre-Nal do treinador espanhol. Ele herda uma tarefa ingrata de seu antecessor estrangeiro. Eduardo Coudet deixou o Colorado sem vencer o Grêmio — quatro derrotas e dois empates. — Creio que clássico é igual. Seja pelo Gauchão, Brasileirão, Libertadores ou Copa do Brasil. Não importa se começa a temporada ou não. O Grêmio tem jogado com o sub-20 sei a importância para todos, torcida, cidade. Analisaremos o rival e buscaremos montar o time mais competitivo para vencer sábado — comenta Ramírez.

Já o Grêmio vive uma situação diferente com Renato Portaluppi no comando. Tinha as rédeas dos Gre-Nais e estava desde 2018 sem perder. Mas a virada sofrida em janeiro, pelo Brasileirão, faz a equipe chegar ao clássico sedenta por recuperar sua hegemonia. Foram 11 jogos sem perder entre 2018 e 2021, com seis vitórias e cinco empates. O Tricolor engatou três vitórias seguidas no ano passado. Primeiro, na 4ª rodada do primeiro turno do Gauchão, logo no retorno do futebol após a parada pela pandemia. Depois, na final do returno e, em seguida, no segundo clássico da fase de grupos da Libertadores.


Últimas vitórias consecutivas do Grêmio

  • Inter 0x1 Grêmio - 23/09/2020 - Libertadores

  • Grêmio 2x0 Inter - 05/08/2020 - final do 2º turno do Gauchão

  • Inter 0x1 Grêmio - 22/07/2020 - 4ª rodada do 1º turno do Gauchão


Grêmio x Pelotas Renato Gaúcho técnico — Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Ao mesmo tempo, os gremistas não perdem uma partida dentro da Arena desde 2014, na única vitória do Inter no novo estádio do rival. Outro ponto a ser pesado para o encontro deste sábado. A vontade de retomar as vitórias diante do Inter fez Renato Portaluppi nem viajar a Passo Fundo no meio da semana para o jogo contra o São Luiz. Ele ficou em Porto Alegre para treinar os titulares e teve o auxiliar Alexandre Mendes como representante, que desviou de qualquer informação sobre a possível formação de sábado.

— Em relação ao Gre-Nal, ainda não pensei. O Renato ficou em Porto Alegre justamente treinando a equipe. Amanhã (Quinta-feira) vou me inteirar um pouco mais do que podemos mostrar no sábado — disse Mendes após o empate com o São Luiz.

O clássico será o de número 430 da história. O Inter tem 157 vitórias contra 136 do Grêmio. Ainda ocorreram outros 136 empates. A partida está marcada para as 22h15 de sábado, na Arena. O Colorado lidera o Gauchão com 17 pontos, três a mais que o Tricolor, segundo colocado.

0 visualização0 comentário