• Globo Esporte

Grêmio tem reunião com Douglas Costa e fica próximo de anunciar contratação do atacante

Direção gremista participa de encontro na manhã desta quarta-feira com empresário e jogador, que aceita reduzir salários para voltar ao clube


O Grêmio está perto de anunciar a contratação do atacante Douglas Costa. Uma reunião na manhã desta quarta-feira na casa do atacante, na Região Metropolitana de Porto Alegre, discute os detalhes para o acerto.


A informação foi divulgada por GaúchaZH e confirmada pelo Globo Esporte. Participam do encontro o CEO do clube, Carlos Amodeo, o vice-presidente de futebol Marcos Hermann, o representante do atacante, Jorge Machado, além do próprio jogador.

A negociação encaminhada é para um empréstimo da Juventus ao Grêmio, com o jogador ainda vinculado ao clube italiano. O Tricolor irá arcar com cerca de um terço dos salários que Douglas ganhava na Europa, respeitando o limite orçamentário do clube.

Fontes próximas ao estafe de Douglas Costa afirmaram que o acerto entre o Grêmio e o jogador está fechado desde a semana passada e que a reunião desta quarta-feira é para discutir alguns detalhes do contrato, como participação no marketing do clube e em vendas de camisas.


Douglas Costa chegaria por empréstimo da Juventus — Foto: Alberto Lingria/Reuters


Na semana passada, o vice de futebol Marcos Herrmann esfriou as tratativas com Douglas Costa por conta dos altos valores envolvidos. Segundo o dirigente, o salário pretendido pelo jogador estava distante do número que o Grêmio poderia pagar, ainda que fosse o maior do atual elenco. Mas essa diferença parece ter sido superada nos últimos dias.


Douglas Costa está emprestado pela Juventus ao Bayern de Munique até o final do mês, quando encerra a temporada europeia. O vínculo com o clube italiano vai até a metade de 2022, mas ele não deve seguir na Itália. A janela para transferências internacionais no Brasil fecha no dia 23.


Hoje aos 30 anos, Douglas Costa foi revelado nas categorias de base do Grêmio e estreou profissionalmente pelo clube em 2008. Em 2010, ele foi vendido ao Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, por cerca € 6 milhões (R$ 14,9 milhões, à época), além de uma fatia em uma futura venda.


Ainda na Europa, ele passou por Bayern (2015–2018), Juventus (2017–2018) e voltou ao clube alemão em 2020. Em 2018, foi convocado por Tite para disputar a Copa do Mundo da Rússia com a Seleção.



6 visualizações0 comentário