• Caroline Sacardo

Governo de SC cumpre calendário e etapa de imunização adulta é concluída

O Governo de Santa Catarina termina mais um mês histórico na vacinação contra a Covid-19, tendo encaminhado mais de 8 milhões de vacinas para os municípios aplicarem pelo menos a primeira dose na população adulta de Santa Catarina e cumprido o calendário proposto. Ao todo, SC distribuiu aos municípios 7.938.290 milhões de imunizantes para concluírem essa etapa. São cerca de 7 milhões de vacinas aplicadas no Estado.


No balanço parcial coletado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES), através do vacinômetro, até as 17 horas de 31 de agosto, 4.752.190 pessoas receberam a primeira dose dos imunizantes, além de 238.100 que receberam a dose única. Os municípios seguem as campanhas de vacinação e atualização das bases de dados que deverão refletir a realidade de vacinação do mês de agosto, nos dias posteriores.


O governador Carlos Moisés comemorou a meta alcançada, mas lembrou que a luta ainda deve continuar: “Quem recebeu a primeira dose deve se lembrar sempre de que só a primeira dose não basta. É muito importante completar a imunização. É de extrema importância que todos estejam imunizados, principalmente diante do avanço da variante Delta, muto mais contagiante.”


Os primeiros grupos prioritários já terminaram as etapas de vacinação e, ainda no mês de setembro, Santa Catarina poderá ter 50% de cobertura vacinal da população adulta com esquema vacinal completo, a depender do encaminhamento das doses pelo Ministério da Saúde. Haverá reforço com uma terceira dose de vacina para a população idosa, até o dia 30 de setembro.


Foto: Júlio Cavalheiro/Secom


Próximas etapas


Nesta quarta-feira, 1º de setembro, o Estado inicia a vacinação dos adolescentes de 17 até 12 anos. Eles serão vacinados com doses da Pfizer. As doses serão encaminhadas pela SES aos municípios, assim que recebidas do Ministério da Saúde, considerando a estimativa do IBGE/2020, que aponta para 549.894 mil adolescentes residentes em SC. A vacinação obedece pactuação em reunião da Comissão Intergestores Bipartite (CIB).


Paralelamente à vacinação dos adolescentes, os idosos, com esquema vacinal completo há mais de seis meses, iniciam a dose complementar. As doses começarão a ser aplicadas naqueles com 85 anos ou mais.


Fonte: ClicRDC

11 visualizações0 comentário