top of page
  • Foto do escritorDifusora FM

Governador avalia estragos causados pelas chuvas no Meio-Oeste e coloca estrutura do Estado à disposição dos municípios

O governador Jorginho Mello avaliou neste sábado (04), os estragos causados pelas chuvas dos últimos dias, que afetaram principalmente os municípios do Meio-Oeste e o Litoral Sul e em visita a prefeituras colocou a estrutura do Estado para apoio e auxílio na recuperação.


A agenda do governador começou por Capinzal, no Meio-Oeste, que foi a cidade mais atingida pelas chuvas, registrando 233mm de precipitação nos últimos três dias.


Em coletiva de imprensa em Capinzal, Jorginho Mello falou sobre a situação de Santa Catarina, do suporte que as Forças de Segurança irão e já estão prestando e sobre os futuros trabalhos para auxiliar os municípios atingidos. “Estou fazendo uma visita aos municípios afetados. Esses tempos de urgência fazem com que redobremos o nosso cuidado e a nossa proteção. Estou junto com o catarinense e iremos cuidar de todos os pontos críticos do estado. A nossa Defesa Civil faz um serviço dedicado, de primeira, então podem contar comigo e com o Estado’’, afirmou o governador Jorginho Mello.


O esforço do Estado neste momento é prestar apoio todas as famílias o mais rápido possível. As equipes do Corpo de Bombeiros Militar de Santa Catarina (CBMSC) atenderam, desde quarta-feira, 1º, a 114 chamados, em 55 municípios com emprego de 248 bombeiros e 82 viaturas.


Ipira


Depois de Capinzal, o governador se dirigiu para Ipira, onde foi registrada a morte de um idoso de 61 anos, arrastado pelas chuvas. Chegando ao município, Jorginho Mello acompanhou de perto a situação das famílias atingidas pelas famílias, prestando solidariedade e vendo a necessidade de cada um.


Acompanhando o governador, estavam o secretário da Comunicação, João Paulo Gomes Vieira, o secretário adjunto da Infraestrutura, Ricardo Grando e o diretor de Gestão de Desastres da Defesa Civil de Santa Catarina, coronel Laureano.


O governador e a equipe ainda passaram por Joaçaba, Piratuba. A agenda ainda continua no Extremo Sul do Estado, onde Jorginho Mello acompanha os estragos em Praia Grande.


De acordo com o último relatório emitido pela Defesa Civil de Santa Catarina, na tarde desta sexta-feira, 3, são quatro os municípios que decretaram situação de emergência em função das fortes chuvas. Além de Araranguá, Praia Grande e São João do Sul, Ipira – onde uma morte foi registrada – também decretou situação de emergência. Pelo menos 193 pessoas estão desalojadas, 46 desabrigadas e há registro de uma pessoa ferida, em Caçador. A situação não se alterou no decorrer deste sábado.

Por ClicRDC




10 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page