top of page
  • Foto do escritorDifusora FM

Flor do Sertão lidera o ranking de analfabetismo nos municípios de SC

Dados divulgados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), na sexta-feira (17), revelam que Santa Catarina é o estado com a menor taxa de analfabetismo no país. Uma cidade do Extremo-Oeste se destaca por liderar a alfabetização no Brasil.


Entre os 5.570 municípios brasileiros, São João do Oeste tem a menor taxa de analfabetismo do país, com apenas 0,9%. Santa Catarina está em primeiro no ranking dos estados, com 2,7%, enquanto a média nacional é de 7%.


Segundo o Censo Demográfico 2022, o município de Rio Fortuna tem o terceiro menor índice de analfabetismo no Brasil (1,16%) e Balneário Camboriú tem o quinto menor  (1,19%). A pesquisa do IBGE considera a população de 15 anos ou mais.


Florianópolis tem a menor taxa entre as 27 capitais brasileiras, com 1,4%. Houve uma redução de 14,5% no número de analfabetos desde 2010. A cidade é seguida por Curitiba (1,5%) e Porto Alegre (1,7%).


O levantamento do IBGE concluiu que, em Santa Catarina, a alfabetização é maior nos municípios mais populosos. Aqueles com mais de 500 mil habitantes apresentam somente 1,5% de analfabetos, enquanto os com até 5 mil habitantes possuem 5,5%.


Entre as 20 maiores taxas de analfabetismo no estado, 11 ficam na mesorregião Oeste, oito na mesorregião Serrana e uma na Grande Florianópolis. Flor do Sertão e Cerro Negro são os municípios catarinenses com as maiores taxas (11,7%).


Confira o ranking de analfabetismo nos municípios de SC


A lista a seguir mostra as cidades catarinenses com as maiores taxas de analfabetismo, conforme o censo do IBGE:


  1. Flor do Sertão – 11,7%

  2. Cerro Negro – 11,7%

  3. Galvão – 11,6%

  4. Campo Belo do Sul – 10,4%

  5. Coronel Martins – 10,3%

  6. Calmon – 9,1%

  7. Sta.Terezinha do Progresso – 9%

  8. São Bernardino – 9%

  9. Painel – 8,7%

  10. São José do Cerrito – 8,7%

  11. Anita Garibaldi – 8,6%

  12. Campo Erê – 8,5%

  13. Entre Rios – 8,5%

  14. Brunópolis – 8,3%

  15. Leoberto Leal – 8,3%

  16. Arvoredo – 8,2%

  17. Monte Carlo – 8,1%

  18. Lebon Régis – 8,1%

  19. Bocaina do Sul – 8%

  20. Saltinho – 8%


Ranking de analfabetismo entre municípios mais populosos


A alfabetização em Santa Catarina é maior nas cidades com mais habitantes, segundo o IBGE. Balneário Camboriú (1,2%), Florianópolis (1,4%) e Blumenau (1,4%) registraram as menores taxas de analfabetismo entre os municípios mais populosos.


Cidade com a maior população do estado, Joinville apresenta a quinta menor taxa (1,6%). Os municípios com maior proporção de analfabetos do grupo são Lages (3,6%), Concórdia (3,6%) e Biguaçu (2,9%).


Veja abaixo o ranking das maiores taxas de analfabetismo entre as cidades mais populosas de Santa Catarina:


  1. Lages – 3,6%

  2. Caçador – 3,6%

  3. Concórdia – 2,9%

  4. Biguaçu – 2,9%

  5. Chapecó – 2,7%

  6. Navegantes – 2,7%

  7. Palhoça – 2,3%

  8. Camboriú – 2,2%

  9. Tubarão – 2,1%

  10. Criciúma – 2%

  11. Itajaí – 1,9%

  12. Itapema – 1,9%

  13. Brusque – 1,9%

  14. São Bento do Sul – 1,7%

  15. São José – 1,7%

  16. Joinville – 1,6%

  17. Jaraguá do Sul – 1,4%

  18. Blumenau – 1,4%

  19. Florianópolis – 1,4%

  20. Balneário Camboriú – 1,2%

Por ND+



235 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page