top of page
  • Foto do escritorDifusora FM

Fisioterapeuta de 26 anos morre engasgado com pedaço de carne no Sul de SC: ‘transmitia paz’

Um jovem fisioterapeuta de 26 anos, identificado como Gustavo Prudêncio Pedro, morreu engasgado com um pedaço de carne na segunda-feira (1º). A vítima era natural de Maracajá, no Sul catarinense.


Apaixonado por sua profissão, ele realizava atendimento domiciliar e era fisioterapeuta no Hospital São José, em Criciúma, local onde, segundo ele, era seu sonho trabalhar.


Por meio do perfil do Instagram da instituição, colegas de trabalho descreveram o jovem como alguém que transmitia paz e que fez a diferença na vida das pessoas.


“Que Deus o receba de braços abertos, fisio que ajudou tantas pessoas que estavam na UTI pelo Covid-19. Tinha um carinho enorme pelos pacientes, e vai fazer falta pra todos. O céu ganhou uma estrelinha”, escreveu uma conhecida, nas redes sociais.


Gustavo ainda era filho de Valmir Pedro, mais conhecido como Mica, servidor público da prefeitura de Maracajá. Em nota, a administração também lamentou a morte.


“Neste momento tão difícil e de dor, a Administração, presta sua solidariedade aos familiares e amigos, rogando a Deus para que conforte seus corações, dando força e sabedoria”.


O fisioterapeuta foi velado em sua casa, na comunidade de São Cristóvão, e a cerimônia de despedida aconteceu ainda na segunda-feira, às 16h30. Já o sepultamento aconteceu na manhã desta terça-feira (2).

Por ND+



202 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page