top of page
  • Foto do escritorDifusora FM

Eldorado do Sul foi praticamente 100% inundada: ‘Situação sem precedentes’

Todos os bairros da cidade foram atingidos e milhares de pessoas se encontram em situações extremas, aguardando por socorro.


A cidade de Eldorado do Sul está praticamente 100% inundada, segundo relato de autoridades do município. Segundo João Ferreira, coordenador da Defesa Civil de Eldorado do Sul, a cidade está enfrentando uma situação de emergência sem precedentes. “Todos os bairros da cidade foram atingidos, onde muitas pessoas se encontram em situações extremas, aguardando por socorro. Muitas delas permanecem isoladas em cima de telhados em áreas inundadas”. Até a manhã deste domingo, o Grupamento de Fuzileiros Navais do Rio Grande já havia resgatado mais de 40 pessoas na região de Eldorado do Sul, em apoio à Defesa Civil.


As pessoas estão aguardando por resgate e estão famintas e com sede. Segundo a Prefeitura, o acesso para Eldorado do Sul por Porto Alegre e Guaíba está bloqueado e a cidade está sem luz, sem água e sem internet. No momento, o acesso para Eldorado está ocorrendo apenas com apoio do Exército, barco ou helicóptero. A Prefeitura está pedindo, por meio de suas redes sociais, apoio de barcos e botes a motor para que possa realizar o resgate de pessoas que seguem isoladas.


Ainda segundo informações da Defesa Civil e da Prefeitura, há cerca de duas mil pessoas na proximidade da BR 290, aguardando por alimento e abrigo. ⁠Os desabrigados serão deslocados em ônibus para a cidade de Mariana Pimentel, pois Guaíba já não tem mais capacidade para receber. ⁠Não há abrigos municipais funcionando em Eldorado do Sul para receber os desabrigados, pois todos estão inundados. Os desabrigados estavam sendo deslocados para Guaíba, porém a BR 290 está interditada no trecho entre Eldorado do Sul e Guaíba, devido à inundação da pista.


⁠Há cerca de mil pessoas abrigadas na empresa Datacom, sem comida e sem estrutura, entre crianças, idosos e acamados. ⁠No Ginásio da Escola Getúlio Vargas há cerca de 35 pessoas que ainda estão aguardando resgate. Também estão sem comida e sem nenhuma estrutura. Em Eldorado do Sul, na Estrada do Conde, há cerca de 300 pessoas em um ginásio no bairro Sol Nascente, também sem estrutura ou comida.

Em Guaíba, há 2 mil pessoas abrigadas nos seguintes locais: igreja Filadélfia, associação São Jorge, Serrana, Igreja Florida, Ctg Darci Fagundes, Ctg Cruzeiro, Ctg Gomes Jardim, Escola Arlindo Stringnini, Cindigua e Sesi.



A Prefeitura está pedindo doações de todos os tipos, especialmente dos seguintes itens: alimentos para consumo imediato (leite, bolacha, frutas, barra de cereal, enlatados), água, colchão, roupas para crianças, roupas de cama, travesseiros, fraldas e medicamentos básicos. Os alimentos devem ser levados para o seguinte local: Clube Itapeva (Rua Avaré, 90, bairro Jardim Floresta,  Porto Alegre – aberto 24h).


5 visualizações0 comentário

Commentaires


bottom of page