• Caroline Sacardo

Dinheiro esquecido em bancos vai começar a ser liberado a partir da próxima semana

O Banco Central vai liberar a partir da próxima segunda-feira, 07, os valores de quem esqueceu dinheiro em bancos ou instituições financeiras. No dia 14 de fevereiro os clientes puderam consultar se tinham algum montante para receber.


Segundo informou o BC, a data e horário de retirada foram informados na hora da consulta. No caso de pessoas que não anotaram as informações, uma nova consulta deve ser feita.


Para saber se possui valores pendentes, o contribuinte (pessoa física) precisa estar com o número do CPF e data de nascimento em mãos e acessar o site valoresareceber.bcb.gov.br.

No caso de empresas (pessoa jurídica), a consulta deve ser feita utilizando o CNPJ e data de abertura do negócio. O BC informou ainda que herdeiros também têm direito aos valores a receber.


Nesta primeira fase serão liberados cerca de R$ 4 bilhões e 28 milhões de pessoas e empresas devem receber. Haverá ainda uma segunda fase de valores, a partir do dia 2 de maio. O cidadão que receber no primeiro lote também poderá ter dinheiro no segundo (ou em outros lotes), já que os valores são liberados por motivos diferentes.


Calendário de liberações na primeira fase:

Antes de 1968 - 7 a 11/3 - 12/mar

Entre 1968 e 1983 - 14 a 18/3 - 19/mar

Após 1983 - 21 a 25/3 - 26/mar


De acordo com o Banco Central, o prazo para liberação do dinheiro é de 12 dias úteis é para pagamentos por meio do Pix, para instituições que aceitem esse tipo de transferência (o sistema mostrará).


Será preciso informar a chave Pix quando fizer a solicitação da transferência. Em caso de transferência por meio de DOC ou TED, o prazo depende de cada banco. Transferências feitas por DOC são limitadas a R$ 4.999,99 e caem na conta em até um dia útil.


O horário-limite para a operação é determinado pelo banco.


Fonte: NSC

223 visualizações0 comentário