top of page
  • Foto do escritorDifusora FM

Confira as notas dos jogadores do Inter na eliminação para o Juventude

O Inter foi pior que o Juventude ao longo dos dois jogos da semifinal. No tempo normal e também nas penalidades. Após conquistar o empate em 1 a 1 nos 90 minutos, o Colorado viu o técnico Eduardo Coudet ser "amarrado" pela estratégia de Roger Machado mais uma vez em Porto Alegre.


Na marca falta, Rochet bem que tentou, mas Mercado e, principalmente Robert Renan, fracassaram e provocaram mais uma derrota dentro do Beira-Rio.


Confira as notas dos jogadores do Inter:


Rochet: Voltou com segurança e fez sua parte defendendo uma penalidade. Nota 6,5.

Bustos: Sofreu com o ataque do Juventude e não conseguiu levar perigo ofensivamente. Nota 6.

Mercado: Seguro na defesa e isolou sua cobrança nas penalidades. Nota 6,5.

Vitão: Salvou um gol em cima da linha e ajudou a conter os contragolpes do Ju. Nota 7,5.

Renê: Errou em alguns lances bobos, mas marcou o gol de empate. Nota 6,5.

Aránguiz: Sofreu na marcação na primeira etapa. Cresceu no segundo tempo. Nota 6,5.

Bruno Henrique: Envolvido pelo meio de campo do Juventude. Não consegui ajuda na criação. Nota 5.

Wanderson: Nem de longe foi o perigo ofensivo que costuma ser para as defesas. Nota 5,5.

Mauricio: Expulsão infantil que comprometeu a reação do Inter. Nota 4.

Alan Patrick: Bem marcado, sofreu para criar e não comandou o meio de campo. Nota 5.

Lucca: A missão era substituir Valencia. Se movimentou, mas parou na marcação do Juventude. Nota 5,5.

Coudet: Demorou para ler o jogo e fazer as mudanças necessários. Nota 5.

Valencia: Entrou na segunda etapa e descontado não levou perigo ao gol do Ju. Nota 5,5.

Rômulo: Entrou bem para conter o meio de campo do Ju. Nota 6,5.

Bruno Gomes: Ajudou a minimizar a ausência do expulso Mauricio. Nota 5,5.

Robert Renan: Cobrou seu pênalti de maneira infantil e comprometeu sua atuação. Nota 1,5.

Por Correio do Povo



11 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page