top of page
  • Foto do escritorDifusora FM

Com 148% de aumento nos focos do mosquito, Maravilha confirma os 12 primeiros casos de dengue

A Secretaria Municipal de Saúde de Maravilha confirmou nesta quinta-feira (1º) os primeiros 12 casos de dengue de 2024. Os casos foram confirmados em meio a um aumento expressivo no número de focos do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue.


Somente neste ano já foram confirmados 72 focos do mosquito, um aumento de 148% em relação a janeiro de 2023, quando o município contabilizada 29 focos.


O número de casos também já supera o total do ano anterior. Em 2023 Maravilha contabilizou 11 casos de dengue durante o ano todo.


O cenário é de alerta não apenas em Maravilha. Há vários municípios da região confirmando casos. A nível nacional, já são mais de 217 mil casos de dengue, número três vezes maior do que o mesmo período de 2023. Conforme dados do governo federal, 15 mortes já foram confirmadas neste ano pela doença. Outros 149 casos de óbitos estão sendo investigados.


APLICAÇÃO DE UBVNo final da tarde desta quinta-feira já será feita a primeira aplicação de UBV na cidade, usado para eliminar os mosquistos. Serão contempladas algumas quadras dos bairros Floresta, Novo Bairro, Frei Damião, José de Anchieta, Morada do Sol, São José, Centro e Jardim. A aplicação será nas regiões onde residem os pacientes com a doença confirmada.


A orientação é que a população mantenha portas e janelas abertas, mas que guarde alimentos e isole animais de estimação. Outra orientação é colocar caixas de abelhas em local seguro.


VACINAA vacinação contra a dengue pelo SUS iniciou neste ano, no entanto apenas 10% dos municípios brasileiros foram contemplados nesta primeira fase da imunização.

Maravilha não faz parte da lista dos municípios que irão receber as doses.


Conforme a Sala de Vacinas do município, não há previsão de quando o governo federal vai aumentar a porcentagem de municípios atendidos. A imunização tem como público-alvo as crianças e os adolescentes de 10 a 14 anos.



60 visualizações0 comentário
bottom of page