top of page
  • Foto do escritorDifusora FM

Chuvas em SC deixam quase 700 desabrigados e oito municípios em situação de emergência

As chuvas que atingiram Santa Catarina durante o final de semana deixaram 654 pessoas desabrigadas e 117 desalojados. Oito municípios decretaram situação de emergência e 24 cidades registraram alguma ocorrência relacionada ao temporal. Além disso, uma pessoa desapareceu após o carro em que estava ser arrastado pela correnteza. As informações são do último boletim atualizado pela Defesa Civil e divulgado na noite de domingo (24). 


Segundo a Defesa Civil, a maioria dos desabrigados (483) são de Rio Do Sul, cidade do Alto Vale do Itajaí. O município teve vários bairros alagados e foi o primeiro a decretar situação de emergência. Além de Rio do Sul, os municípios de Passo de Torres, Sombrio, São João do Sul, Balneário Gaivota, Jacinto Machado, Maracajá e Araranguá também decretaram situação de emergência. 


Conforme a Defesa Civil, os maiores acumulados de volume de chuva durante o domingo foram de 73.7 milímetros em Witmarsum, 68.8 milímetros em Rio do Sul, 65.8 milímetros em Lontras e 64.6 milímetros em São Bento do Sul.


Foram enviados para Araranguá, São João do Sul e Rio do Sul cerca de R$ 184 mil em itens de assistência humanitária. Os produtos incluíam cestas básicas, água potável, kit higiene, kit limpeza, colchões de solteiro e casal, e kit de acomodação solteiro e casal. 


Confira o acumulado das chuvas por cidade


Ocorrências


  • Rio do Sul

O município registrou alagamentos e seis abrigos foram abertos com aproximadamente 135 famílias, contabilizando 483 pessoas. Há informações de transbordamento de ribeirão nos bairros: Barra do Trombudo, Taboão, Valada São Paulo, Ribeirão do Tigre e Ribeirão Matador.


Houve uma queda de muro no bairro Barragem, colocando uma residência em risco. O Loteamento Luiz Bianchet está com 1,5 metro de água, algumas ruas do bairro Canoas estão com alagamentos e o túnel de acesso ao bairro Fundo Canoas está interrompido.


  • São João do Sul


A cidade registra 154 desalojados e 78 pessoas estão isoladas. Segundo a Defesa Civil, a maioria dos afetados pelas chuvas são da comunidade de Barrinha, afetada pela elevação da Lagoa do Sombrio. Foram distribuídas cestas básicas e itens de assistência humanitária na região.


Ocorreram danos em estradas, cabeceiras de pontes e deslizamentos de encostas. Além disso, uma moradora precisou evacuar a casa após receber o alerta de risco de deslizamento às margens do rio Sertão. A Defesa Civil, em conjunto com as demais secretarias da prefeitura, auxilia no transporte dos afetados nas localidades isoladas. Ainda existe um abrigo público aberto, porém não foi utilizado. 


  • Taió

Devido às chuvas, um abrigo precisou ser aberto e, até a última atualização da Defesa Civil, 32 pessoas estavam no local. Além disso, o município registra 35 pessoas desalojadas.

  • São Joaquim

Na cidade da Serra de Santa Catarina um deslizamento de terra ocasionou uma rachadura no asfalto, no km 397 da rodovia SC-390, entre São Joaquim e Bom Jardim da Serra. A via está parcialmente interditada e liberada apenas para veículos leves.

  • Rio do Oeste

Um abrigo foi aberto, entretanto, ainda não há famílias.

  • Jaguaruna

Há relatos de muitos buracos nas rodovias com pontos de alagamento em algumas localidades. 

  • Lontras

Considerando os elevados volumes de chuvas, foram abertos dois abrigos onde há 41 pessoas. A rodovia SC-110 está interrompida no acesso a Presidente Nereu.

  • Laurentino

Considerando os elevados volumes de chuvas, foi aberto um abrigo onde estão oito famílias. 

  • Agronômica

Considerando os elevados volumes de chuvas, foi aberto um abrigo (ainda sem número de famílias).


Elevação do nível dos rios


Devido aos volumes de chuva, os rios apresentaram significativa elevação nas bacias hidrográficas dos rios Itajaí e Tijucas. Na região do Alto e Médio Vale diversos municípios registraram inundações entre a tarde de sábado e a manhã de domingo, quando os rios atingiram níveis de emergência, como Rio do Sul, Ituporanga, Taió, Rio do Oeste, Laurentino, Lontras, Blumenau e Presidente Getúlio.


Vítimas desaparecidas


Na noite de sábado (16), um funcionário de uma empresa de internet desapareceu em um rio em Bom Jardim da Serra, na Serra catarinense, após o veículo em que estava ser arrastado pela correnteza. Outros dois trabalhadores que estavam no veículo conseguiram se salvar. O homem ainda não foi encontrado e as buscas continuam nesta segunda-feira (20). Ainda não há confirmação de que a ocorrência tem relação com as chuvas.


Em Trombudo Central, no Vale do Itajaí, um homem de 59 anos também foi arrastado pela enxurrada após o carro que conduzia cair em um rio, no início da manhã deste domingo. A vítima conseguiu sair do veículo e, após buscas, foi encontrado a 100 metros do local em que foi arrastado. Ele foi levado ao hospital.

Por NSCTotal



4 visualizações0 comentário

Bình luận


bottom of page