• Bruno Ramos

Chapecoense quer técnico experiente e aguarda definições no mercado

Clube deseja profissional que tenha mesmo padrão de jogo de Louzer e que esteja disponível

A Chapecoense definiu o perfil de técnico que busca para substituir Umberto Louzer, anunciado nesta quinta pelo Sport. Busca alguém experiente no mercado, mas que tenha o mesmo padrão de jogo do antecessor. Além disso, quer um profissional que não esteja com trabalho em andamento em outro clube.


A Chape chegou a fazer contato com Dorival Junior e Tiago Nunes, mas sem avançar para uma negociação. Renomados nacionalmente, estão fora do patamar financeiro no momento. Não há pressa para encontrar um nome, pois o clube entende que Felipe Endres tem capacidade para dar sequência no estadual.



A paciência é necessária até pelo mercado não oferecer muitas alternativas dentro do perfil desejado. O clube inclusive espera a definição se Antonio Carlos Zago, que deixou o Kashima Antlers, seguirá no Japão, onde possui proposta, ou retornará ao Brasil. Caso opte pelo regresso, ele se torna uma opção no Verdão, como foi em outros momentos. Zé Ricardo é outro que se encaixa nos parâmetros buscado pela Chape.


Apesar de querer alguém com bagagem, dependerá da dificuldade nas negociações. Se não conseguir acordo com nomes que foram cogitados, irá para uma alternativa com menor experiência. Ramon Menezes, que comandou o Vasco na Série A, se encaixa neste perfil e já foi mapeado em outro momento pelo clube.


Enquanto segue sem definição, a Chape se prepara para enfrentar o Marcílio Dias no próximo domingo, às 16h (de Brasília). Uma vitória garante ao Verdão do Oeste o título simbólico da primeira fase da competição.

0 visualização0 comentário