• Caroline Sacardo

Chape perde para o Fortaleza na Arena Condá

A partida em Chapecó foi sofrida para ambas as equipes, com direito a confusão no fim do segundo tempo, mas o Fortaleza bateu a Chapecoense por 2 a 1 na noite de hoje (16), na Arena Condá, pela 27ª rodada do Brasileirão, e encostou no Flamengo, vice-líder do campeonato.


Os gols foram marcados por Bruno Melo, Rodriguinho e Yago Pikachu. Com o resultado, o time cearense vai a 45 pontos, os mesmos do Fla, e permanece na terceira posição. O Verdão de Santa Catarina fica com 13 pontos, e segue na lanterna.


Na próxima rodada, o Leão do Pici recebe o Athletico-PR no Castelão, às 19h15 do sábado, 23. A Chape pega o Bahia na Fonte Nova, no domingo (24), às 20h30. Antes disso, a equipe da capital cearense vai ao Mineirão para encarar o Atlético-MG, às 21h30 de quarta-feira, 20, no jogo de ida das semifinais da Copa do Brasil.


Quem foi bem:


Pikachu A partida em Chapecó careceu de grandes destaques individuais, mas Yago Pikachu foi o nome da vitória do Leão do Pici. O camisa 22 criou boas chances para do Fortaleza no primeiro tempo, e converteu o pênalti que garantiu uma importantíssima vitória para a equipe de Juan Pablo Vojvoda.


Quem foi mal:


Benevenuto falha em gol da Chape Com 1 a 0 no placar, o Fortaleza fazia uma partida segura diante dos donos da casa até os 41 minutos do primeiro tempo. Mas uma falha de Marcelo Benevenuto mudou o cenário do jogo: o zagueiro se atrapalhou e entregou a bola de bandeja para Rodriguinho, que não desperdiçou na entrada da pequena área e balançou as redes.


A Chapecoense criou menos oportunidades, sofreu com as ações ofensivas do Fortaleza e foi inferior ao longo dos 90 minutos, mas não desperdiçou sua melhor oportunidade e evitou terminar mais um jogo em casa com derrota. Atuando em Chapecó, a equipe já perdeu nove partidas e empatou cinco no Brasileirão.


No fim, VAR impede virada da Chape Kaio Nunes marcou um golaço no fim da partida para a Chapecoense, mas o VAR acusou um pênalti no lance anterior por mão de Moisés Ribeiro. Na cobrança, Pikachu deslocou Keiller e garantiu a vitória do Fortaleza. O lance gerou confusão e muita reclamação por parte dos atletas da Chape, que aumentaram após a provocação do autor do gol da vitória.


Foto: Leonardo Moreira/Fortaleza/Divulgação


Fonte: Silva Jr e Uol

0 visualização0 comentário