• Globo Esporte

CBF demite responsável pelo VAR e mais 8 da Comissão de Arbitragem

A Comissão de Arbitragem da CBF demitiu nesta segunda-feira nove pessoas que faziam parte do departamento. Entre elas, um dos nomes mais antigos da estrutura, Sérgio Corrêa, responsável pelo VAR. Também foram dispensados Manoel Serapião, responsável pela análise da arbitragem, e coronel Marinho, ouvidor.


Além deles, saíram: Cláudio Cerdeira, José Mocellin, Nilson Monção, Almir Alves de Mello (responsável por cortes de vídeo do VAR), Marta Magalhães (psicóloga) e Érika Krauss (logística).


As mudanças foram anunciadas ao grupo no meio da manhã, diretamente pelo recém-empossado presidente da Comissão de Arbitragem da CBF, Wilson Seneme.


Foto: Reprodução / SporTV


Permaneceram nos cargos: Alicio Pena Júnior, nomeado interino por Ednaldo Rodrigues após a saída de Leonardo Gaciba, no ano passado, Giuliano Bozano e Édson Resende, que continua como corregedor.


Corrêa estava na CBF havia 16 anos. Entrou em 2006 e no ano seguinte assumiu a presidência da Comissão Nacional, ficando até 2012. De 2012 até 2014 se ausentou da presidência, passando a ser diretor do departamento de arbitragem. De 2014 até 2016 foi novamente presidente. De 2016 até hoje, permanecia na entidade, mais recentemente responsável pela implantação do VAR.


Em contato com a reportagem, disse que entendeu a sua dispensa:


- Entendo e concordo que a arbitragem precisava da oxigenação. Claro que gostaria de continuar contribuindo, mas como fui presidente por quase uma década, compreendo, apoio e torcerei pelo projeto que gosto muito. (Seneme) Foi muito claro que o projeto até o momento foi bem elaborado, mas era necessário um passo adiante. Sai uma geração dos 60 anos e entra a dos 40, 50 anos.

53 visualizações0 comentário