• Caroline Sacardo

Casos ativos de Covid em Santa Catarina quase dobram após recontagem de dados

Uma atualização na base de dados do Governo do Estado fez com que o número oficial de casos ativos de Covid-19 em Santa Catarina aumentasse em 72% nesta quarta-feira, 22. Segundo a Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive/SC), esses registros não estavam sendo contabilizados no sistema nacional.


Com a recontagem dos dados, o número de casos ativos - pacientes que ainda estão em tratamento da doença - saltou de 4.943 para 8.508 nesta quarta-feira. Também houve atualização no número de casos confirmados: de 1.169.652 o número aumentou para 1.184.733.


A instabilidade na contabilização dos casos começou a ser investigada pela diretoria no dia 10 de setembro. O trabalho foi feito em conjunto com o Centro de Informática e Automoção do Estado de Santa Catarina (CIASC), depois de uma nova atualização no banco de dados do Ministério da Saúde.


Ao todo, 20.488 casos foram reclassicados, sendo que 17.787 foram adicionados e 2.701 excluídos por apresentarem erros de registro ou duplicação. Isso deu um impacto de 15.081 casos de Covid-19 a mais, notificados pelos municípios desde o início da pandemia.


— Por exemplo, antes, se você fazia três testes para a Covid, só um era contabilizado. Ou seja, se você fez um RT/PCR e deu negativo, mas também um antígeno que deu positivo, só o primeiro era registrado no sistema. Agora, os dois testes são levados em conta na hora de processar os dados. Isso fez com que vários casos antigos entrassem na contagem — explica o superintendente em vigilância em saúde, Eduardo Macário.


Outro ponto que também trouxe impacto na atualização foi a retirada de dados duplicados. De acordo com Macário, em alguns casos, a pessoa tinha o registro positivo da doença tanto na cidade em que mora quanto naquela em que realizou o teste.


Além disso, Joinville voltou a liderar a lista de cidades com maior número de ativos, com 1.280, na frente de Florianópolis (621) e Chapecó (432).


— Com essa atualização, agora, nós temos a real situação de como está a pandemia no Estado, com os números mais próximos da realidade — pontua o superintendente.


De acordo com a Dive, o número de mortes em Santa Catarina não sofreu alteração, já que ele é notificado por outro sistema (SIVEP-Gripe). Nesta quarta-feira, 22, foram confirmados mais 27 óbitos, chegado ao total de 19.146.


Cuidados devem continuar, diz superintentende


Mesmo com a atualização, o superintendente salienta que há uma tendência de redução no número de casos leves, graves e óbitos no Estado. Apesar disso, ele reforça a necessidade do avanço na vacinação completa e nos cuidados com a Covid-19.


— Para se vacinar, basta comparecer ao posto de saúde e fazer a atualização da caderneta. Além disso, é importante nesse momento manter as ações de prevenção, principalmente utilizando máscaras em ambientes coletivos, evitar aglomerações e usar álcool em gel na limpeza das mãos — diz.


Fonte: NSC Total

24 visualizações0 comentário