• Caroline Sacardo

Caso Luna: Mãe e padrasto responderão por homicídio de menina em Chapecó

Mãe e padrasto da menina Luna Victorique Zabatiero Carlota, foram indiciados pelo crime de abandono de incapaz com resultado morte. Na tarde desta terça-feira, 26, a Polícia Civil, através da Delegacia de Polícia de Proteção à Criança, ao dolescente, à Mulher e ao Idoso de Chapecó (DPCAMI) concluiu o Inquérito Policial que apura a morte da menina, de 5 anos, que faleceu no dia 08 de abril após cair da janela do quarto andar do apartamento que residia. Os envolvidos responderão por homicídio culposo.


De acordo com o Delegado Éder Matte, diversas testemunhas foram ouvidas, relatórios de investigações produzidas e perícias realizadas para o indiciamento do casal. A pena prevista é de quatro a doze anos de reclusão.


Após investigações, foi identificado que a ausência dos pais foi de aproximadamente uma hora, a informação inicial tratava de 20 minutos. Através de imagens da câmera de segurança do supermercado, foi possível identificar que ambos chegaram às 19h27 e saíram do supermercado às 20h20. Fora o deslocamento de ida e volta.


Luna caiu do quarto andar de um prédio no centro de Chapecó. De acordo com Matte, a causa da morte foi traumatismo craniano, após a criança cair de uma altura de 12 metros. O apartamento não tinha tela de proteção, e a família de Luna relatou que ainda não haviam colocado a tela de proteção, por condições financeiras.


O delegado fez um alerta aos pais que têm crianças pequenas, que tomem os devidos cuidados para evitar que tragédias como essa aconteçam.


Fonte: ClicRDC

56 visualizações0 comentário