• Caroline Sacardo

BR-282 entre São Miguel do oeste e Chapecó acumula 21 mortes neste ano

A BR-282 acabou se tornando uma rodovia violenta, devido ao alto número de acidentes com vítimas fatais. Os mais de 680 quilômetros de extensão que liga municípios do Oeste ao Litoral catarinense é um dos principais corredores logísticos para caminhoneiros e turistas com destino a praias.


“Entre janeiro e outubro de 2020, foram registrados nesse trecho 147 acidentes nos quais 162 pessoas ficaram feridas e 16 morreram no local, já de janeiro a outubro de 2021, o número de acidentes aumentou para 161, com 182 machucados e 21 mortos”, disse o inspetor da PRF em Santa Catarina Adriano Fiamoncini.


Os dados repassados pela PRF representam óbitos no local dos fatos, ou seja, não são contabilizadas mortes após o atendimento médico ou no deslocamento a hospitais, por exemplo, e isso tornaria o número ainda maior, além de sequelas que podem ser irreversíveis.


O chefe do Núcleo de Comunicação da corporação, reforça que a imprudência nas estradas reflete em atitudes erradas, ultrapassagens proibidas e manobras perigosas.


Anualmente entre os dias 18 e 25 de setembro acontece a Semana Nacional de Trânsito no Brasil inteiro e sempre veicula temáticas relacionadas ao trabalho de prevenção.


Fonte: RCO

39 visualizações0 comentário