• Caroline Sacardo

Bolsonaro diz a apoiadores que vai manter fundão eleitoral de R$ 4 bilhões

O presidente Jair Bolsonaro afirmou na manhã desta segunda-feira, 26, que vai vetar apenas o que chamou de "excesso" do que a lei determina para o fundo eleitoral. Segundo o mandatário, dos quase R$ 6 bilhões aprovados pelo Congresso, ele deverá preservar cerca de R$ 4 bilhões. A declaração foi dada quando um apoiador pediu uma salva de palmas para o presidente pela intenção de vetar os R$ 5,7 bilhões para campanhas.


Foto: Divulgação


"Vamos deixar claro uma coisa: vai ser vetado o excesso do que a lei garante, tá? A lei garante R$ 4 bilhões. O extra de R$ 2 bilhões vai ser vetado. Se eu vetar o que está na lei, eu estou incurso em crime de responsabilidade. Espero não apanhar do pessoal como sempre", afirmou Bolsonaro, fazendo referência à recomposição inflacionária dos últimos quatro anos prevista na legislação.


Na sequência, ele reclamou de críticas que recebe de setores da direita. "Se começar a bater muito, vão ter que escolher no segundo turno Lula ou Ciro. A crítica é válida quando ela tem fundamento pessoal, simplesmente. Igual à história do leite condensado. Parte da direita bateu tanto em mim que falei: 'pelo amor de Deus. Será que tô consumindo tanto leite condensado assim?'", reclamou, para risadas dos apoiadores.


Na semana passada, o presidente garantiu que vetaria “o aumento do fundo eleitoral”.


Fonte: G1

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo