top of page
  • Foto do escritorDifusora FM

Bebê de 3 meses e avó morrem carbonizadas após pai da criança atear fogo na casa em SC

Uma bebê de apenas 3 meses e a avó, de 51 anos, morreram carbonizadas na madrugada deste sábado, dia 1º, após um incêndio criminoso contra a casa onde as vítimas moravam, em Criciúma, no Sul de Santa Catarina.


O pai da criança, genro da mulher, foi preso acusado de cometer o crime. Conforme a Polícia Militar, o motivo teria sido uma discussão dele com a esposa, de 31 anos, que ficou ferida na ocorrência. O homem foi encontrado morto dentro da cela na manhã deste sábado, dia 1°, informou a Polícia Civil.


Sete pessoas moravam no imóvel, incluindo outra menina de 3 meses, gêmea da bebê morta. Além dela, uma criança de 12 anos e dois adultos foram levados ao hospital com ferimentos.


A PM relatou que após a briga, o homem jogou gasolina nas pessoas e em seguida ateou fogo.


Conforme reportagem publicada pelo g1, dos feridos, as crianças estão fora de perigo, mas os adultos, a esposa e o sogro do agressor, de 58 anos, ficaram em estado grave.


O homem foi preso por feminicídio. A Polícia Civil confirmou durante a manhã deste sábado que ele foi encontrado morto dentro da cela, possivelmente por suicídio.

Por Oeste Mais



255 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page