• Caroline Sacardo

Aplicativo auxilia crianças e adolescentes a denunciarem violências

Um aplicativo lançado nesta quarta-feira, dia 13, em Brasília, vai auxiliar crianças e adolescente a denunciar casos de violência. O projeto é desenvolvido pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) em parceria com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef).

Sabe – Conhecer, Aprender e Proteger é uma ferramenta ligada ao Disque 100, canal de denúncias vinculado à Ouvidoria Nacional dos Direitos Humanos e tem por objetivo auxiliar as crianças e adolescentes a denunciarem casos de violência física, psicológica e sexual. Até o momento, o aplicativo está disponível somente para versão Android.

"As crianças já estavam procurando o Disque 100, então a gente tinha que criar um instrumento extraordinário para que elas falassem com a gente, um instrumento na linguagem da criança", destacou a ministra Damares Alves, do MMFDH.


De acordo com Maurício Cunha, secretário nacional dos direitos da criança e do adolescente, o projeto vai trazer protagonismo às crianças e adolescentes, além de ser uma ferramenta que apenas países desenvolvidos possuem.

"Hoje, no Brasil, de cada 100 denúncias de violência contra a criança e o adolescente, em 94 é um adulto que faz [a denúncia] pela criança. Ou seja, hoje é necessário que um adulto perceba aquela violência, que não é óbvia, muitas vezes, principalmente a violência sexual", explicou o secretário.


Imagem Ilustrativa


Fonte: OesteMais

10 visualizações0 comentário