top of page
  • Foto do escritorDifusora FM

Após dias de sol e calor, temporais e onda de frio chegam a Santa Catarina

Nesta sexta-feira (24), Santa Catarina estará sob a influência de uma frente fria que se aproxima, favorecendo a formação de pancadas de chuva com trovoadas e temporais acompanhados de raios, rajadas de vento, queda de granizo e chuva intensa em curto período de tempo. Além disso, a chegada de uma massa de ar polar derruba as temperaturas no Estado, especialmente no final do dia.


Os temporais terão início nas áreas de divisa com o Rio Grande do Sul e avançam para as demais regiões do Estado durante a manhã. As áreas identificadas em laranja no mapa estão com risco alto para ocorrências como destelhamentos, quedas de galhos e árvores, danos na rede elétrica e alagamentos. Já nas áreas em amarelo, o risco é considerado moderado. A massa de ar frio favorece o retorno do tempo firme a partir do final do dia.


As temperaturas devem reduzir significativamente. A maior queda das temperaturas é esperada para o Grande Oeste, Planalto Sul, além de trechos do Planalto Norte e Grande Florianópolis serrana, onde o dia amanhece com marcas entre 14°C e 17°C e, à noite, as temperaturas já devem estar entre 4°C e 10°C (declínio de 7°C a 10°C), com os menores valores sendo observados na Serra.


Já no litoral e Vale do Itajaí, durante a tarde as temperaturas variam de 18°C a 25°C e até o final da noite devem oscilar entre 12°C a 16°C (declínio de 6°C a 9°C). De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), há expectativa de geada no Rio Grande do Sul e parte do Sul Catarinense no final de semana.


O transporte de ar quente associado à condição pré-frontal favorece rajadas de vento dos quadrantes norte e noroeste, que podem atingir velocidades entre 50 km/h e 70 km/h, com pontuais acima entre o Grande Oeste e a Serra.


Alagamentos costeiros e agitação marítima


Com a passagem da frente fria, o mar começa a subir a partir da noite, ficando agitado, com ondulações de direção sul, alturas de onda entre 2 e 2,5m e picos de até 3m em alto mar em toda a costa catarinense.


A partir da noite de sexta (24), o vento começa a soprar de sudoeste no interior do Estado perdendo intensidade na madrugada do sábado (25) e sopra de sul na costa catarinense entre o Litoral Sul e a Grande Florianópolis, com rajadas entre 50 e 70 km/h, e pontuais acima. O risco associado às rajadas de vento é moderado.


A Defesa Civil também fez um alerta para alagamentos costeiros entre a tarde da sexta-feira (24) e a tarde do sábado (25). Os ventos do quadrante sul causados pela atuação de uma frente fria, juntamente com a maré astronômica (causada pela Lua Cheia) traz condições para estas ocorrências em Florianópolis.

Por NSCTotal



24 visualizações0 comentário

Commentaires


bottom of page