• Bruno Ramos

Anderson Leite lamenta adiamento da semifinal e nega proposta do Sport

A suspensão da partida entre Marcílio Dias e Chapecoense após uma denúncia de um jogador ter atuado de maneira irregular pelo Hercílio Luz na primeira fase do Campeonato Catarinense pegou o elenco da Chape de surpresa na noite da última quinta-feira.



Em entrevista coletiva, o volante Anderson Leite afirmou que os jogadores foram surpreendidos pela notícia. Um dia após vencer o Hercílio Luz e garantir vaga nas semifinais, o Verdão já trabalhava visando o Marcílio Dias.

"A gente ficou bastante surpreso. Você se prepara emocionalmente, e de repente vem o cancelamento, com a possibilidade de jogar mais uma vez, com outra equipe. Além do desgaste físico, você tem o emocional. Mas vamos aguardar o julgamento" – disse o atleta.

O jogador também foi questionado sobre uma possível transferência para o Sport, agora comandado pelo técnico Umberto Louzer, que deixou a Chape há algumas semanas. O volante, porém, negou contato com a equipe pernambucana.


"Eu recebi a notícia e fiquei muito surpreso, não sabia de nada. Entrei em contato com meu representante, que me passou que não tem nada definido. Tenho um carinho muito grande pelo Louzer, tenho certeza que ele não tentaria algo sem nos comunicar. Tenho contrato aqui e meu foco é a Chapecoense" – disse Anderson Leite.

O julgamento da denúncia da Federação está marcado para terça-feira, 4 de maio, às 19h, e será feito on-line. De acordo com Mano Dal Piva, vice-presidente de futebol, o Verdão do Oeste aguarda os desdobramentos do caso para definir uma nova programação e também a forma como irá agir.


1 visualização0 comentário