• Caroline Sacardo

Agricultor que tentou matar dono de boate será julgado em Pinhalzinho

Nesta sexta-feira, 19, será realizado mais um júri popular em Pinhalzinho. O caso remete uma tentativa de homicídio que ocorreu no dia 12 de fevereiro deste ano, quando por volta da 1h35 da madrugada houve um desentendimento com tiroteio numa casa noturna.


Conforme o Ministério Público, na ocasião, o denunciado efetuou cinco disparos de arma de fogo contra o dono do estabelecimento, tendo acertado dois tiros no abdômen e os outros três na parede externa do local.


Segundo a denúncia, apurou-se que, momentos antes, o homem estava alterado e havia provocado diversas brigas, tendo inclusive, entrado em luta corporal com outro cliente. Por esse motivo o proprietário do local, solicitou que ele fosse embora, razão pela qual aconteceu o tumulto. Ele entrou em seu carro e de dentro dele, de surpresa atirou.


A vítima foi levada em estado grave ao hospital em Chapecó, e foi submetida a cirurgia que durou cerca de 10 horas, tendo sido necessário reconstruir partes do seu intestino. O suspeito fugiu, entretanto, após representação de sua prisão, ele foi preso pela Polícia Militar três dias depois no interior de União do Oeste.


Foto: RCO


Fonte: Rádio Centro Oeste

87 visualizações0 comentário